Capítulo 1 – “Zaibref – O Caminho da Ascensão” de Victor Abreu

 

Título: Zaibref – O Caminho da Ascensão / Autor: Victor Abreu / Editora: Clube dos Autores (independente) & Amazon / Gêneros: Fantasia, Aventura / “Buscando quebrar os paradigmas da alta sociedade do mundo de Ermyros, os irmãos gêmeos Byhil e Lynive Zaibref, filhos de camponeses pobres, escolherão o tortuoso caminho para se tornar um Soldado do Reino Drohol. Nessa estrada, guerreiros, magos e criaturas se mostrarão inimigos perigosos para os gêmeos que, com garra e determinação, buscarão superá-los em busca de um sonho. Ao lado de outros parceiros de reino, eles farão o possível para mostrar que o destino não é cravado no nascimento e que um jovem sonhador, independentemente de sua hierarquia, pode construir seu próprio caminho para a ascensão.”

Olá guerreiros e feiticeiras,
Como vocês estão? Como estão as leituras de vocês?
Eu acabei de ler o Capítulo 1 de um livro de Literatura Fantástica Nacional e vou te contar minhas primeiras impressões agora mesmo.
Se você está procurando uma Saga de Fantasia que se passa num mundo secundário com muita aventura e magia, você pode se interessar em ler Zaibref – O Caminho da Ascensão (o primeiro livro da Saga Zaibref, publicado este ano na Amazon). Nesse Capítulo 1 encontrei alguns personagens carismáticos e elementos originais que fogem daqueles que são mais usuais em mundos fantásticos.

*****

Primeiro vamos entender o título do livro
Zaibref é o nome de uma grande família de camponeses que vive na região nordeste de um reino chamado Drohol e também é o sobrenome dos protagonistas.
O Caminho da Ascensão se trata do caminho percorrido pelos irmãos gêmeos Byhil e Lynive para uma sonhada vida melhor como um soldado do reino.

[…] Não significava um caminho fácil, pois, com muitos anos de vida, o Reino Drohol possuía inúmeras famílias de tradição no ramo que influenciavam os mais jovens a seguirem esse caminho desde cedo. Eles recebiam atenção e aulas de soldados experientes para que seguissem os passos dos seus antepassados. / Esse detalhe colocava jovens sonhadores filhos de mercadores e camponeses em uma grande desvantagem. Afinal, eles precisavam aprender a lutar e adquirir conhecimento por conta própria, o que não era razão suficiente para a desistência. Muitos tentavam conceder uma vida melhor para suas famílias, mas poucos conseguiam chegar a um posto de respeito ao ponto de mudar a realidade em que viviam.” Trecho de Zaibref – O Caminho da Ascensão de Victor Abreu

*****

Sobre o Capítulo 1
Esse primeiro capítulo chama-se “Sonhadores da Família Zaibref”. Os sonhadores Byhil e Lynive tinham apenas quatorze anos, mas já treinavam como podiam para entrar na Academia de Drohol.
Um sonho distante e bastante improvável já que eles não tinham juntado nem metade dos Yos (moeda utilizada em Drohol) de que precisavam para ir para a Capital e considerando que apenas um Zaibref em toda a História tinha conseguido ascender socialmente: seu nome era Tarion Zaibref, um mercador da baixa sociedade que conseguira se tornar um Duque há cerca de seiscentos anos.
Atualmente, eles viviam na pequena fazenda da família. Os pais dos gêmeos, Zant e Marlis, não tinham escolha a não ser pedir aos filhos se arriscarem ao irem buscar galões de água no Poço Gruben. Essa falta de escolha era explicada em parte pela extrema desigualdade social e injustiças naquele reino e em parte porque, de fato, os gêmeos eram habilidosos o suficiente para sobreviverem aos perigos contidos no caminho até o poço. Assim, os Zaibref abriam mão de apenas dois pares de mãos no dia de colheita:

“— Somos os únicos capazes de buscar água sem a necessidade de enviar um grupo grande? — Lynive perguntou, o interrompendo. — E que você não pode fazer isso no dia de hoje, pois precisa do máximo de ajuda possível? Não se preocupe com isso, pai. Sabemos que vocês não podem enviar um grupo inteiro para ir pegar água em dia de colheita.” Trecho de Zaibref – O Caminho da Ascensão de Victor Abreu

Para camada mais pobre da população, o cenário era de miséria e desesperança. E eles eram explorados economicamente por todos os lados. Mesmo a água era de um preço elevadíssimo, colaborando para manter todos na pobreza.

Os grandes poços eram dominados pelas três maiores famílias da região, […]. Mesmo os camponeses dependendo da venda de água nos poços para sobreviverem, as grandes famílias de Guntreya que os representavam não se importavam em manter um preço elevado por ela. Desse modo, as famílias conseguiam faturar ainda mais às custas do sofrimento da camada mais baixa da hierarquia.” Trecho de Zaibref – O Caminho da Ascensão de Victor Abreu

No decorrer do Capítulo 1, você vai entendendo o porquê do desespero dos jovens Zaibref de irem para Academia. Lynive chegara a fugir de casa com apenas seis anos de idade para passar dois anos treinando no Clã de Ninjas Green, um famoso clã de ninjas assassinos de aluguel, com o objetivo de desenvolver a Aura Keezem.
O que é a Aura Keezem? Sim, o autor Victor Abreu criou algumas novidades peculiares em seu mundo. As Auras são algumas delas.

Aura Keezem (ou aura do guerreiro):
Essa aura devia ser aprendida. Eram “Atributos de recompensa”. A protagonista Lynive aprendeu a treinar todos os Keezem – haviam três: Amarelo da força, Azul da velocidade e Vermelho da vitalidade – mas foi orientada a focar seu treino em apenas um. Ela escolheu o Keezem Azul da velocidade.

Aura Nankaf (ou aura do mago):
Essa aura era definida no nascimento. Um “Poder dos céus”. Além disso, são seis regiões possíveis para o usuário de Nankaf. O protagonista Byhil nasceu com o Nankaf de um Mago Metamorfo com a Região das Armas.

Logo, Lynive fez essa escolha insana por saber que seria “deixada para trás” e que não realizaria seu sonho por não ter sido agraciada com a aura do mago já no nascimento:

Sabendo que ela não possuía a Aura Nankaf, a aura de um mago, ela tinha noção de que não poderia ficar para trás. Byhil nascera com o Nankaf de um Mago Metamorfo e tinha muito mais chances do que sua irmã de realizar o sonho. Se ela não aprendesse alguma classe o quanto antes, ela perderia tempo precioso, e a academia ficaria cada vez mais distante, até se tornar inviável. A decisão insana de treinar com o Clã Green, o famoso clã de ninjas assassinos de aluguel, veio após muitas noites pensando a respeito do seu futuro. […]” Trecho de Zaibref – O Caminho da Ascensão de Victor Abreu

*****

Considerações Finais
Assim como a aparência, notamos que a personalidade e as habilidades dos gêmeos eram bem diferentes. Começamos a torcer para que eles consigam realizar seu sonho e até mesmo para que consigam ir muito além disso e salvar o reino daquela grande injustiça.
Nos envolvemos com esse livro pois, pelo menos lá no fundo, todos nós concordamos que um sonho quase impossível não deve nos limitar ou nos fazer deixar de lutar com todas as nossas forças para realizá-lo. A beleza está exatamente naquela luta que travamos nos desafios mais difíceis para realizar grandes feitos. Pequenos atos e grandes sacrifícios são as causas fundamentais das grandes mudanças. Isso é ser REVOLUCIONÁRIO! E é isso que o homem comum teme ser, teme ser tachado de louco por sonhar e se arriscar!
Lynive Zaibref que nos acorde e nos convença que sonhar vale a pena! Sem meias palavras, ela sempre diz o que pensa!

“— Se Tarion Zaibref, um mercador da baixa sociedade, conseguiu se tornar um Duque seiscentos anos atrás, por que nossos pais acham que não somos capazes? Eu passei por tantas dificuldades por esse sonho. Dois anos treinando com o Clã de Ninjas Green longe de todos vocês, e eles ainda não confiam na gente.” Trecho de Zaibref – O Caminho da Ascensão de Victor Abreu

Minha opinião final: Este me parece ser um ótimo livro de fantasia sobre dois irmãos corajosos e com personalidades bem definidas, os quais sabiamente respeitam e escutam os mais velhos uma atitude rara hoje em dia –, e que possuem uma VONTADE DE FOGO (expressão utilizada no anime/mangá Naruto) para realizar seu grande sonho!
O BLOG PARCEIRO “CLUBE DE LIVROS” TAMBÉM FEZ AS PRIMEIRAS IMPRESSÕES DE  Zaibref – O Caminho da Ascensão, que tal uma segunda opinião? Primeiras Impressões do blog Clube de Livros.
Você já leu ou se interessou por Zaibref – O Caminho da Ascensão de Victor de Abreu? Escreva nos comentários o que achou e nos indique outros livros de fantasia! E até a próxima Primeiras Impressões do Capítulo 1!
Escrito por: Karen Andrade (Direitos Reservados)

Anúncios

5 comentários em “Capítulo 1 – “Zaibref – O Caminho da Ascensão” de Victor Abreu

Adicione o seu

  1. oi Karen! o Pedro Castellan fez a resenha desse livro e curtiu muito mesmo! O legal é que, a versão impressa está bem linda e o autor fez um trabalho de revisão bem legal. E pra quem não tá podendo investir num impresso e quer ler a historia, ela tá SUPER barata lá na Amazon também. Vale a pena demais! ❤

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: